ENQUETES

Na sua opinião, os "Amarelinhos" da Prefeitura de Cuiabá:

PUBLICIDADE

Economia / EMPRESA NA BERLINDA
10.05.2017 | 19h00
Tamanho do texto A- A+

Takata tem 3º ano seguido de prejuízo após 'airbags mortais'

Fornecedora que provocou o maior recall da história busca investidores para lidar com os gastos do escândalo. Defeito atinge quase 3 milhões de veículos no Brasil.

Do G1

A fabricante de airbags Takata teve prejuízo pelo terceiro ano seguido, em meio ao escândalo dos "airbags mortais". Em 2013, a empresa japonesa anunciou uma falha nos equipamentos que ela produziu, ligada à morte de 16 pessoas até agora.

 

Como a Takata fornece para diversas marcas, os airbags defeituosos causaram o maior recall da história, com mais de 30 milhões de veículos envolvidos no mundo todo, quase 3 milhões no Brasil (veja se o seu carro ou moto foi chamado).

Recentemente, a Takata fez um acordo com a Justiça dos Estados Unidos, assumindo a culpa pelo problema e aceitando pagar multa de US$ 1 bilhão.

A fornecedora tem buscado investidores para custear os gastos com o escândalo e a produção de airbags para substituir aqueles com falha. Segundo a agência Reuters, há duas empresas americanas interessadas, a Key Safety Systems (KSS) e a Bain Capital.

As perdas em 2016 somaram 79.6 bilhões de ienes (US$ 699,04 milhões). Mesmo assim, a Takata prevê para o próximo ano fiscal, um lucro líquido de 5 bilhões de ienes.

Com sede no Japão, a empresa possui fábricas em diversos países do mundo, incluindo Brasil e Uruguai.

 

Fonte    http://g1.globo.com/carros/noticia/takata-tem-3-ano-seguido-de-prejuizo-apos-airbags-mortais.ghtml




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados