Cuiabá, Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
POLÍTICA ECONÔMICA
07.10.2018 | 20h00 Tamanho do texto A- A+

Reservas cambiais da China caem pelo segundo mês consecutivo em setembro

O PBoC mudou recentemente para reforçar o yuan

Reprodução Internet

Do ISTO É DINHEIRO

As reservas cambiais da China encolheram em setembro pelo segundo mês consecutivo, à medida que o Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês) intensificou os esforços para estabilizar a moeda chinesa.

 

O acúmulo de divisas declinou em US$ 22,69 bilhões em setembro em relação ao mês anterior, para US$ 3,087 trilhões, segundo dados do banco central divulgados neste domingo. Em agosto, as reservas cambiais caíram US$ 8,23 bilhões.

 

O PBoC mudou recentemente para reforçar o yuan, reintroduzindo um mecanismo para fixar o valor diário oficial da moeda em relação ao dólar e uma exigência que torna mais caro para os investidores apostarem contra o yuan.

 

No domingo anterior, o BC cortou o compulsório dos bancos para impulsionar o crescimento à medida que a briga comercial entre os EUA e a China se intensifica.

 

A medida, que liberará quase US$ 175 bilhões de liquidez no sistema bancário do país, é esperada pelos economistas para colocar mais pressão sobre o yuan. Fonte: Dow Jones Newswires.

 

 

Fonte       https://istoe.com.br/reservas-cambiais-da-china-caem-pelo-segundo-mes-consecutivo-em-setembro/




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia