Cuiabá, Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
OTIMISMO NA ECONOMIA
02.10.2018 | 20h30 Tamanho do texto A- A+

Leitura do Ibope reforça aposta em Bolsonaro e juros longos têm forte queda

Numa sessão de volume robusto de contratos, as taxas longas terminaram com queda em torno de 20 pontos-base.

Reprodução Internet

Do ISTO É DINHEIRO

Os juros futuros terminaram a sessão regular desta terça-feira,2, em queda, que foi bastante expressiva nos contratos de longo prazo, em função da melhora na perspectiva do investidor para o cenário da corrida presidencial. A pesquisa Ibope/Estado/TV Globo apontando avanço consistente nas intenções de voto para o candidato Jair Bolsonaro (PSL) e, ao mesmo tempo, estagnação no desempenho do candidato do PT, Fernando Haddad, foi o principal vetor para o otimismo dos ativos domésticos. Além da pesquisa de ontem, o noticiário também foi favorável à candidatura do capitão reformado do Exército.

 

 

Numa sessão de volume robusto de contratos, as taxas longas terminaram com queda em torno de 20 pontos-base. A do DI para janeiro de 2023 encerrou em 10,83%, de 11,024% ontem no ajuste, e a do DI para janeiro de 2025 recuou de 11,653%, de 11,43%. Nos demais, a taxa do contrato de Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2020 fechou em 8,18%, de 8,246% ontem no ajuste, e a do DI para janeiro de 2021 caiu de 9,526% para 9,39%.

 

 

Segundo o Ibope, Bolsonaro subiu 4 pontos porcentuais ante a pesquisa da semana passada, atingindo 31%, enquanto Fernando Haddad se manteve com os 21% registrados no levantamento anterior. No segundo turno, ambos aparecem empatados com 42% das intenções de voto. No quesito rejeição, o candidato do PSL segue líder, com 44%.

 

Mas a quantidade de eleitores que não admitem votar em Haddad de jeito nenhum deu um salto, passando de 27% para 38%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-08650/2018. O mercado agora quer conferir se a pesquisa Datafolha, que será publicada esta noite, endossa ou não os números do Ibope.

 

 

A decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, de manter a proibição de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva conceder entrevistas da prisão reforçou o otimismo do mercado em relação às chances de vitória de Bolsonaro. Do mesmo modo, o apoio oficial da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) a Bolsonaro endossou as expectativas de apoio do Centrão no segundo turno.

 

Enquanto o mercado doméstico tem comemorado a possibilidade de Bolsonaro vencer a eleição presidencial, os investidores estrangeiros estão se mostrando mais preocupados com essa possibilidadeO bom ânimo com o cenário eleitoral também embala o recuo do dólar para perto dos R$ 3,90 e os ganhos da bolsa, de quase 4%. Às 16h33, o Ibovespa subia 3,92%, aos 81.701,94 pontos, e o dólar caía 2,48%, aos R$ 3,9298.

 

 

Fonte     https://www.istoedinheiro.com.br/leitura-do-ibope-reforca-aposta-em-bolsonaro-e-juros-longos-tem-forte-queda/




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia