Cuiabá, Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018
MERCADO DE TRABALHO
30.10.2018 | 20h00 Tamanho do texto A- A+

Desemprego no trimestre diminui, mas ainda está em 11,9%

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), número de pessoas desempregadas recuou 469 mil em um ano

Divulgação

do TERRA NOTICIAS

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 11,9% no trimestre encerrado em setembro, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta terça-feira, 30, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

O resultado veio igual à mediana das estimativas do mercado financeiro, captadas pelo Projeções Broadcast. Assim, o resultado veio dentro do intervalo das expectativas, que ia de 11,70% e 12,30%.

 

Em igual período de 2017, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 12,4%. No trimestre encerrado em agosto, o resultado ficou em 12,1%. No trimestre encerrado em junho, a taxa era de 12,4%.

 

A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.222 no trimestre terminado em setembro. O resultado representa alta 0,6% em relação ao mesmo período do ano anterior.

 

A massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ R$ 200,7 bilhões no trimestre encerrado em setembro, alta de 2,2% ante igual período do ano anterior.

 

 

Fonte       https://www.terra.com.br/economia/desemprego-fica-em-119-no-trimestre-ate-setembro-mas-ainda-atinge-125-milhoes-de-brasileiros,a6cc45c484190c2c3df5974fc556f134d5tci3ww.html

 




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia