ENQUETES

Você acha que os políticos, conselheiros e empresários alvos da PF serão condenados?

PUBLICIDADE

Economia / ABONO SALARIAL
12.09.2017 | 19h30
Tamanho do texto A- A+

Caixa deposita hoje abono do PIS

Dinheiro sai para correntistas nascidos em setembro. Quem não é cliente recebe a partir de quinta-feira

de o DIA

Os trabalhadores com carteira assinada nascidos em setembro correntistas da Caixa Econômica Federal e que têm direito ao abono do programa do PIS vão receber o crédito com depósito em conta hoje. Quem não é cliente do da Caixa terá o valor do PIS liberado a partir de quinta-feira. O prazo para saque destes beneficiários termina em 26 de junho de 2018.

 

O abono do PIS/Pasep é referente ao calendário ao abono de 2016. Mais de 2,1 milhões de trabalhadores no Estado do Rio têm direito a quantia que varia de R$ 78 a R$ 937, dependendo do tempo em que a pessoa trabalhou formalmente no ano passado. No país são cerca de 24,12 milhões de trabalhadores e servidores que receberão os recursos. Serão destinados R$16,5 bilhões para pagar o abono.

 

Tem direito ao benefício salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2016. É preciso ainda estar inscrito no programa do PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais.

 

No caso do PIS, para quem é correntista da Caixa, o pagamento geralmente é feito dois dias antes do restante dos outros trabalhadores. Já no caso do Pasep, o crédito em conta para servidores correntistas do Banco do Brasil, será efetuado a partir do 3º dia útil anterior ao início de cada período de pagamento. Segundo as estimativas do Ministério do Planejamento, 24,12 milhões de trabalhadores poderão receber o benefício. Serão destinados cerca de R$ 16,5 bilhões para pagamento do abono no calendário 2017/2018.

 

Novas regras

Desde o ano passado, o valor do abono é associado ao número de meses trabalhados no exercício anterior. Portanto, quem atuou um mês no ano-base 2016 receberá 1/12 do salário mínimo. Quem trabalhou dois meses receberá 2/12 e assim por diante. Só receberá o valor total quem trabalhou o ano-base 2016 completo.

 

Por exemplo, se o período de atividade foi de 12 meses, vai receber o valor integral do benefício, que é de um salário mínimo (R$ 937). Se trabalhou por apenas um mês, vai receber o equivalente a 1/12 do salário (R$ 78), e assim sucessivamente.

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, terá como receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

 

Idosos vão sacar em outubro

A partir de outubro o governo vai liberar R$ 15,9 bilhões do PIS/Pasep inativo para mais de 7,8 milhões de pessoas. Poderão sacar esse dinheiro mulheres com 62 anos ou mais e homens com mais de 65 anos. De forma similar ao saque das contas inativas do FGTS, a retirada do dinheiro será pela data de aniversário.

 

Dados da Caixa Econômica mostram que em junho de 2016 o saldo médio por cotista era de R$ 1.187. Mas, segundo estimativa do governo, a maioria dos beneficiários do programa tem, ao menos, R$ 750 a ser resgatado. Antes a pessoa só poderia sacar o dinheiro do programa aos 70 anos.

 

Fonte      http://odia.ig.com.br/economia/2017-09-12/caixa-deposita-hoje-abono-do-pis.html




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados