Cuiabá, Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018
PRESA NO PARANÁ
21.02.2018 | 14h31 Tamanho do texto A- A+

Suspeita marcou encontro com personal no local do assassinato

Ane Lise Hovoruski, de 29 anos, ligou de um celular recém habilitado e marcou com Danilo Campos

Divulgação/PJC

A suspeita Ane Lise Hovoruski (no detalhe) em foto encaminhada pela Polícia Civil

DA REDAÇÃO

A Polícia Civil cumpriu mandado de prisão contra a mulher suspeita de ser o pivô da morte personal trainer, Danilo Nascimento de Souza Campos, de 28 anos. 

 

O crime ocorreu no dia 8 de novembro de 2017, no bairro Duque de Caxias, em Cuiabá.

 

Ane Lise Hovoruski, 29, que foi aluna na academia que o personal trabalhava, teve o mandado de prisão temporária (30 dias) cumprido, na terça-feira (20), na cidade de Foz do Iguaçú, no Estado do Paraná, pela Polícia Civil paranaense, em apoio a Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso.

 

Na quinta-feira (22), uma equipe da Delegacia de Homicídios segue para Foz do Iguaçú para recambiar a presa a Cuiabá.

 

Reprodução

Personal

O personal trainer Danilo Nascimento que foi assassinado em Cuiabá

A delegada Alana Derlene Cardoso, da DelEgacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), disse que está empenhada para dar cumprimento ao mandado de prisão contra outros dois envolvidos no assassinato.

 

São procurados: Guilherme Dias de Miranda, 35, principal suspeito de encomendar a morte do personal por ciúmes da mulher; Ane Lise, que teria tido envolvimento amoroso com a vítima; e  Walisson  Magno de Almeida, 27 anos, apontado nas investigações como a pessoa que efetuou os tiros.  

 

A delegada acrescentou que as investigações da DHPP apontam para o envolvimento da mulher no crime.

 

Análises das ligações telefônicas da vítima, da mulher, do marido Guilherme e do suspeito ter atirado, Walisson Magno, concluem que Ane Lise usando um número telefônico, habilitado naquela semana, ligou para a vítima, marcando encontro no local onde foi executado.

 

O corpo do personal foi encontrado caído ao lado do carro, na Rua General Ramiro de Noronha. Testemunhas informaram que a vítima estacionou o carro e ao descer foi alvejada por tiros, efetuados pelo garupa de uma motocicleta, com dois homens, que posteriormente, seguiu em direção a Avenida Miguel Sutil.

 

Os mandados de prisão são da 12ª Vara Criminal de Cuiabá. 

 




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
4 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Luizao  21.02.18 18h46
COAUTORA Ja era pra estar pressa antes
48
3
fernando  21.02.18 16h50
fernando, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
COSTA  21.02.18 16h37
COSTA, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
Rose Miranda  21.02.18 15h02
Muito bem policia..parabéns...estamos de olho @@
180
7