Cuiabá, Quarta-Feira, 19 de Dezembro de 2018
ESTACIONAMENTO ROTATIVO
10.07.2018 | 17h26 Tamanho do texto A- A+

Sistema "Faixa Verde" deverá ser instalados em 35 pontos de Cuiabá

A empresa vencedora do processo licitatório terá 120 dias para colocar o mecanismo em operação

Marcos Vergueiro/ Prefeitura de Cuiabá

DA REDAÇÃO

Três empresas já demonstraram interesse em participar do processo de licitação para gerenciar o sistema “Faixa Verde” de estacionamento rotativo nos pontos de maior movimento de Cuiabá.

 

Ao todo, serão cerca de 1,5 mil vagas de estacionamento para carros e motos a serem disponibilizadas em 35 pontos entre ruas e avenidas. A empresa terá a cessão da administração por 10 anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. O investimento para a concessão é de aproximadamente R$ 57 milhões. 

 

Conforme explica o secretário municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, as empresas que tiverem interesse em participar da licitação prevista para o dia 30 de julho, devem agendar a visita técnica junto à Semob.

 

“Foram escolhidos três trechos de conflito para análise técnica e é um requisito obrigatório esse acompanhamento para poder participar do processo. A partir do momento que a empresa ganhar o processo licitatório, ela não poderá alegar desconhecimento e terá que cumprir o compromisso de contrato”, explica o secretário, salientado que os trechos a serem analisados são a Travessa João Dias, a Rua Candido Mariano, e Avenida do Historiador Rubens de Mendonça.

 

A companhia terá 120 dias, após ganhar a licitação, para colocar o sistema em operação. Deverá ser disposto no mínimo 10% de sensores nas vagas aprovadas em um prazo de 120, a partir da ordem de serviço, sendo que, até o quinto ano da concessão, os sensores deverão operar em sua totalidade. Todas as vagas estarão com identificação de placas de regulamentação, vertical e horizontal.

 

“A Prefeitura está trazendo o que há de melhor e mais sofisticado em relação a estacionamento rotativo. Através dos sensores, o condutor poderá saber, via aplicativo, onde há vagas disponíveis, evitando de ficar rodando atrás de espaço para estacionar”, afirma o Secretário.

 

O usuário poderá comprar a hora do estacionamento por meio de um aplicativo, com promotores de venda, e em comércios conveniados. O pagamento poderá ser feito em dinheiro e cartão de crédito.

 

Segundo o diretor de Trânsito, Michell Diniz, haverá um parquímetro multivagas e um agente privado a cada 200 vagas. “Isso é para trazer comodidade ao motorista, evitando que ele tenha que percorrer uma grande distância para adquirir o estacionamento. O sistema irá funcionar com um cartão, identificando se o motorista fez a compra das horas do estacionamento. Um sistema digital, usado pelos agentes de trânsito, poderá apontar, pela placa do veículo, se ele foi estacionado no lugar correto”, explica o diretor.

 

De acordo com um estudo da Semob, a frota de veículos cresceu 218% nos últimos 15 anos, enquanto o acréscimo populacional foi de 20%. Dessa forma, o índice, que anteriormente era de um veículo a cada 4.3 habitantes, foi alterado para um veículo para cada 1.6 habitante.

 

“A quantidade de veículo aumentou significativamente, e a estrutura das vias não sofreram alargamentos e disponibilização para estacionamento. Hoje a cidade está saturada principalmente nos polos geradores de tráfego, onde a Prefeitura viu a necessidade da instalação do estacionamento rotativo, visando garantir que todos possam compartilhar dessa vaga”, ressalta Diniz.

 

No sistema “Faixa Verde”, o valor da hora para carro deve ser em média R$ 2,50 e motos R$ 1,50. Além disso, 5% das vagas pagas serão destinadas para idosos e 2% à pessoa com deficiência (PcD), tendo alguns segmentos devidamente cadastrado com isenção como, por exemplo, a polícia. O mecanismo deve funcionar de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e sábado, das 7h às 13h, tendo os domingos e feriados livres.




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Silbene Alves de Oliveira Brito  10.07.18 20h39
Li toda matéria sobre a implantação do sistema de estacionamento rotativo (Faixa Verde) de Cuiabá, porém, não fala de vagas de emprego. Quero saber se este sistema trará oportunidade de emprego! Afinal, sistemas anteriores implantados além de organizar e proporcionar a rotatividade dos estacionamentos, também, oferecia vagas de emprego. Espero ter uma resposta!!
2
0