ENQUETES

Você acha que os políticos, conselheiros e empresários alvos da PF serão condenados?

PUBLICIDADE

Cotidiano / RIVAL DA UBER
09.01.2017 | 17h35
Tamanho do texto A- A+

Propondo "parceria" com taxistas, Yet Go chega a Cuiabá

Novo aplicativo de mobilidade urbana será ativado a partir desta sexta-feira (13) na Capital

Marcus Mesquita/MidiaNews

Clique para ampliar

O CEO da Yet Go, Jailson Ferreira, disse que a proposta da empresa é ser "parceira" dos motoristas

ÉRIKA OLIVEIRA
DA REDAÇÃO

A plataforma virtual de mobilidade urbana conhecida como Yet Go começa a operar a partir desta sexta-feira (13) em Cuiabá.

 

Concorrente do serviço de transporte particular por aplicativo Uber, a Yet Go vem com a proposta de ser “parceira” dos taxistas – que são contrários à atuação desse tipo de empresa no País.

 

“Os taxistas não estão com os dias contados, mas eles precisam se adaptar e rever seus conceitos. O cliente não quer mais entrar no carro e encontrar um motorista com a cara emburrada, com cheiro de cigarro”, justifica o CEO (sigla em inglês para diretor-executivo) da Yet Go, Jailson Ferreira.

 

De acordo com Ferreira, um dos principais diferenciais do aplicativo é permitir que pessoas comuns se tornem colaboradores, mas que os taxistas e até moto taxistas sejam cadastrados à plataforma também.

 

“A nossa ideia é que os taxistas ganhem desconto quando forem chamados pelo aplicativo. Em alguns Estados, as cooperativas de taxi já aderiram ao Yet Go”, explicou.

O que nós queremos é dar uma opção a mais para os usuários

 

“Quando você abre o aplicativo, tem a opção do carro simples, do carro de luxo, do táxi e do moto-táxi. O que nós queremos é dar uma opção a mais para os usuários”.

 

Presente em 58 cidades do Brasil, o Yet Go foi lançado em novembro e já está disponível para download no Android e na Apple Store.

 

Segundo o CEO, somente em Cuiabá mais de 3 mil pessoas já baixaram o aplicativo. A empresa ainda está em fase de cadastramento dos motoristas.

 

“Nós já temos cadastrados 512 motoristas e, destes, 128 já tiveram o nome aprovado” disse Ferreira.

 

A tarifa prevista para ser cobrada na Capital é de R$ 1,70 para o carro comum e R$ 2 com o carro de luxo para cada quilômetro percorrido.

 

Conforme o executivo da Yet Go, na comparação com a bandeira 1 do táxi comum, ao utilizar o serviço por aplicativo os usuários têm uma economia de até 40%.

 

Marcus Mesquita/MidiaNews

 Jailson Ferreira - Yet Go

Mais de 3 mil pessoas já fizeram download do aplicativo Yet Go em Cuiabá, segundo o executivo

“Com relação ao táxi de aeroporto, nosso aplicativo fica entre 50% e até 70% mais barato, dependendo das capitais”, garante.

 

Segurança

 

Assim como sua concorrente Uber, a Yet Go dispõe de alguns mecanismos que, segundo Ferreira, servem para garantir a segurança dos usuários.

 

Ele explicou que, ao solicitar o cadastro, os motoristas precisam apresentar um “nada consta” de antecedentes criminais e estar com a documentação pessoal e do veículo em dia.

 

“Nós solicitamos o documento do carro, o documento da pessoa, checamos o nada consta de antecedentes criminais. O veículo tem que ser acima de 2008 e aí nós checamos também o estado de conservação desse carro”, disse.

 

Benefícios

 

Além da tarifa inferior à usualmente cobrada pelo serviço, o CEO da Yet Go garante que a empresa oferece outros benefícios tanto aos usuários quanto aos motoristas.

 

Outro diferencial do Yet Go em relação ao Uber é que além do cartão de crédito, os motoristas também vão aceitar pagamento em dinheiro.

 

Além disso, a empresa promete trazer para Cuiabá o “Yet 10”, que consiste em conceder aos usuários um dia no mês com tarifa única.

 

“No ‘Yet 10’, uma vez por mês a corrida vai custar R$ 10 para qualquer lugar de Cuiabá”, disse.  

 

A gente também tem ideias boas, está na hora de mostrar a nossa criatividade, a nossa cara para o mundo

Empresa brasileira

 

A Yet Go nasceu em Belém (PA) e atualmente está presente em várias capitais do Brasil, como São Paulo (SP), São Luís (MA), Fortaleza (CE), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Maceió (AL), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS) e agora Cuiabá.

 

Conforme Ferreira, o objetivo é expandir a atuação da empresa para mais 200 cidades até o mês de março, quando também deverão partir para outros países, como Estados Unidos e Portugal.

 

“A gente sempre vê os gringos vindo para o Brasil com novas ideias. E a gente também tem ideias boas. Está na hora de mostrar a nossa criatividade, a nossa cara para o mundo”.

 

 




Clique aqui e faça seu comentário


5 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Ariel Magalhães  10.01.17 07h27
Concorrência é sempre benéfica, ainda mais por ser uma empresa genuinamente brasileira.
29
5
Daniel carvalho  10.01.17 06h36
E sempre assim so chora depois que perde, porem para alivio tbem so trata mal ate o dia que perde.. P sempre .. Quantas pessoaS ja foram agredidas fisica e verbal por taxista por causa de moedinhas do troco?
14
8
Marcelo  10.01.17 01h47
Táxi nunca mais!
13
9
Daniel  09.01.17 23h35
Mais uma opção para o cliente, muito bom! Esse é o melhor benefício da livre concorrência.
17
3
Casio  09.01.17 19h06
A população está traumatizada com as cobranças abusivas e o tratamento dos taxistas
113
28

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados