ENQUETES

O que você achou da eliminação da seleção brasileira da Copa da Rússia?

PUBLICIDADE

Cotidiano / DISTRIBUIÇÃO DE KITS
11.07.2018 | 15h45
Tamanho do texto A- A+

Prefeitura e Seja capacitam agentes de saúde e ampliam acesso das famílias ao sinal digital

Mais de 400 agentes comunitários de saúde, das quatro regionais de Cuiabá, estão sendo capacitados durante esta terça (10) e quarta-feira (11)

Gustavo Duarte

Clique para ampliar

DA REDAÇÃO

Levar o sinal digital para famílias de baixa renda da Capital, com a distribuição gratuita de kits de antenas e conversores digitais, é permitir que elas continuem assistindo TV em seus aparelhos antigos após o desligamento do sinal analógico na região, que acontece no dia 14 de agosto deste ano. E para alcançar essas famílias, a Prefeitura de Cuiabá e a Seja Digital vêm trabalhando em uma força-tarefa, envolvendo várias instituições e profissionais, capacitando-os para que as informações cheguem à população em tempo hábil para retirar os kits.

 

Seguindo essa frente de trabalho, mais de 400 agentes comunitários de saúde, das quatro regionais de Cuiabá, estão sendo capacitados durante esta terça (10) e quarta-feira (11). Os profissionais estão recebendo os direcionamentos da campanha de alcance da Seja Digital, que serão agregados às atividades rotineiras deles, levando informações e orientações às famílias atendidas dentro dos programas sociais do governo federal, por meio do Cadastro Único (CadÚnico).

 

“O intuito é aproveitar a abrangência das comunidades e pessoas que eles visitam diariamente, para alcançar essas famílias de baixa renda e evitar que eles fiquem sem acesso à programação, após a data final do desligamento no estado de Mato Grosso". explicou a consultora de Mobilização da Seja, Jucinéide Ribeiro.

 

A parceria entre as duas instituições foi firmada no mês de abril, por meio da assinatura de um Termo de Cooperação, e beneficiará aproximadamente 80 mil pessoas inscritas no CadÚnico. Auxiliando na organização da ação com as regionais, o administrador da regional Norte, Raimundo Nonato, lembrou que a capacitação com os agentes comunitários acompanha o objetivo da campanha e é também uma oportunidade de conhecimento para os profissionais.

 

“Além do abraço ao chamamento da Seja, estamos também oportunizando mais conhecimento aos profissionais. Com a capacitação, eles têm acesso a várias informações sobre tecnologia. E em contato com as famílias, podem ajudar no direcionamento correto da campanha, que engloba comodidade, bem-estar e dignidade, somando ao trabalho da gestão de humanizar a vida dos cidadãos cuiabanos”, disse.   

 

Em todo Mato Grosso, a meta é de entregar mais de 140 mil kits. Desses, a ação já alcançou 75 mil. Para Fernanda Rafaela, agente comunitária há nove anos em Cuiabá, a participação na campanha nacional soma ao crescimento profissional, principalmente porque trabalha a dignificação da vida das famílias.

 

“Sempre falo que há nove anos estou me capacitando diariamente. Nessas caminhadas e em contato com as famílias, aprendo mais que em uma sala de aula. Presenciamos muitas situações complexas, pois lidamos com saúde, e elas nos possibilitam um grande aprendizado. Diante disso, participar dessa outra ponta de trabalho social vai nos ajudar também no aprimoramento de conhecimento e, com certeza, enriquecer nosso currículo. Ajudar é sempre uma oportunidade de crescer, de aprender”, finalizou.

 

A capacitação está concentrada na sede da subprefeitura da regional Norte, localizada na Lagoa Encantada, bairro CPA III, setor IV. Ao longo desta terça-feira (10), participaram da capacitação os agentes das regionais Norte e Sul, e nesta quarta-feira (11) participam os da Leste Oeste.  

 

Acesso aos kits - Para que as famílias tenham acesso aos Kits, devem estar cadastradas no Número de Identidade Social (NIS) e fazerem o agendamento de retirada dos equipamentos pelo endereço eletrônico da Seja Digital, ou ligar para o número 147. Caso a família não esteja dentro do sistema de cadastramento do governo federal, basta se inscrever em um dos 14 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da Capital.

 

Os kits serão entregues em local, dia e horário escolhidos pelas famílias, no ato do agendamento pelo site ou número. No total, serão distribuídos 130 mil kits para Cuiabá e outros cinco municípios do Estado de Mato Grosso, sendo eles: Acorizal, Jangada, Nossa Senhora do Livramento, Santo Antônio do Leverger e Várzea Grande.

 

O processo teve início em 2015 e de acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação, mais de 1.300 municípios terão o sinal analógico desligado em 2018. Com o desligamento do sinal analógico, o Brasil se coloca no mesmo patamar de países como Estados Unidos e Reino Unido. Caso a família não estejadentro do sistema de cadastramento do governo federal, basta se inscrever em um dos 14 Centros de Referência de Assistência Social (Cras). 

 

Parceria - A parceria entre as duas instituições foi firmada no mês de abril, por meio da assinatura de um Termo de Cooperação. Desde então, Prefeitura de Cuiabá, por meio das equipes de assistência dos 14 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) da Capital, auxilia no que está relacionado à identificação desse grupo de pessoas de baixa renda, inscritas no programas sociais, por meio do Número de Identidade Social (NIS).

 

Os profissionais das unidades, como coordenadoras e assistentes sociais, também foram orientadas sobre o funcionamento do processo (como é feito, quem tem direito, o que precisa para retirada do kit) e ficam à disposição da população, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, nos Cras.  

 

NIS - O NIS é um número atribuído pela Caixa Econômica Federal com base nos dados fornecidos durante o cadastramento no Cadastro Único para programas sociais do governo federal (CadÚnico), que atualmente é realizado somente nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

 

Para se cadastrar no CadÚnico e obter o NIS, os interessados devem apresentar a carteira de identidade de todos os membros da família, o CPF, certidão de nascimento dos filhos menores de idade, título de eleitor, comprovante de residência, comprovante de renda mensal (caso exista), carteira de trabalho (CTPS) e, havendo crianças com idade escolar, os pais deverão apresentar o atestado de frequência emitido pela instituição de ensino.




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web