Cuiabá, Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
EDUCAÇÃO
09.10.2018 | 16h43 Tamanho do texto A- A+

Prefeito atende reivindicação de 4% e servidores encerram greve

Paralisação durou nove dias; profissionais retornam ao trabalho a partir de amanhã (10)

Alair Ribeiro/MidiaNews

O prefeito Emanuel Pinheiro, que atendeu reivindicação de servidores

KARINA STEIN
DA REDAÇÃO

O Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sintep) decidiu nesta terça-feira (9) encerrar a greve da categoria em Cuiabá. A decisão foi tomada durante assembleia geral.

 

A Prefeitura atendeu os 4% de ganho real que a categoria reivindicava, divididos entre os meses de dezembro de 2018 e fevereiro de 2019.

 

A recomposição salarial atendida ainda inclui 3,35% da Revisão Geral Anual (RGA), paga na folha de julho.

 

Nós fomos empurrados para a greve. Na hora que houvesse uma proposta que contemplasse os trabalhadores, retornaríamos.

Entre outras reivindicações que foram atendidas, estão a Lei Orgânica dos Trabalhadores da Educação, publicação de todos os processos de elevação de nível paralisados e pagamento dos respectivos retroativos e realização de concurso público.

 

Segundo o presidente do Sintep Cuiabá, João Custódio da Silva, todos os profissionais da Educação já retornam ao trabalho a partir amanhã.

 

“Nós fomos empurrados para a greve. Na hora que houvesse uma proposta que contemplasse os trabalhadores, retornaríamos”, afirmou.

 

Em nota, o secretário de Educação de Cuiabá Alex Vieira Passos afirmou que o reajuste de 4% vai representar um investimento de cerca de R$ 20 milhões por ano.

 

“Para conseguir honrar esse compromisso, a Prefeitura terá que rever a implantação de programas como o de reestruturação da rede física, recebida pela atual gestão em condições lastimáveis, abertura de novas unidades, liberação de verbas emergenciais entre outros programas”, explicou o secretário.

 

Ainda conforme o secretário, a Prefeitura atendeu outros nove pontos reivindicados pelo Sindicato, dentro "do maior programa de valorização dos profissionais da Educação já apresentado".

 

O município diz ainda que os ganhos reais vão superar o montante de R$ 150 milhões, distribuídos nos próximos 6 anos.

 

 




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia