ENQUETES

A que você atribui a renovação da Assembleia e da Câmara neste ano em MT?

PUBLICIDADE

Cotidiano / PROVOCAÇÃO
10.10.2018 | 17h45
Tamanho do texto A- A+

Prédio da UFMT é pichado com suástica e número 17

Instituição de ensino não se pronunciou sobre ato de vandalismo; apologia ao nazismo é crime

Reprodução

Clique para ampliar

Símbolo do nazismo com número de candidato à presidência foi encontrado em bloco da UFMT

BIANCA FUJIMORI
DA REDAÇÃO

O prédio do Instituto de Linguagens (IL) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá, amanheceu pichado com uma suástica nesta quarta-feira (10).

 

Na pichação, uma das pernas do símbolo do regime nazista se transformou no número 1. Ao lado, foi desenhado o 7, numa referência ao número do candidato a presidente Jair Bolsonaro, 17.

 

Os estudantes da UFMT estão denunciando e criticando o ato em suas redes sociais.

 

Uma aluna de Comunicação Social condenou o vandalismo em seu perfil no Instagram. Ela ainda alertou sobre os perigos do nazismo e fascismo que ganharam as redes com as eleições.

 

“Isso estar no Instituto de Linguagens, minha segunda casa, meu lugar, é muito, muito problemático”, publicou.

 

Até a publicação desta reportagem, a assessoria de imprensa da Universidade não havia informado se a administração irá investigar o autor da pichação e se o símbolo será apagado.

 

Fazer apologia ao nazismo é crime no Brasil desde 1989 e a pena pode ser de dois a cinco anos de prisão, além de multa.

 

O nazismo foi o regime adotado pelo ditador Adolf Hitler na Alemanha, entre as décadas de 30 e 40. Pregava, entre outras coisas, a superioridade da raça ariana e o extermínio de judeus e outros grupos étnicos. 

 

 

GALERIA DE FOTOS




Clique aqui e faça seu comentário


26 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Alex Camboim  18.10.18 23h53
Ok, pichar prédio público ou privado independente com que grafismo, simbolo ou tipos que seja, é um crime por si só. Contudo engraçado ser justamente no Instituto de Linguagens da UFMT, e todos dizerem que por se tratar de uma suástica é apologia ao Nazismo. Sendo que suponha-se que os profissionais, professores e afins deste prédio, por se tratar de linguagem, acredito, deveriam se ligar mais em semiótica, símbolos e seus significado. Por fim se foi ação de alguém contrário as idéias e campanha eleitoral do Bolsonaro (quebrou a cara) e se não acredito que tentar passar a mensagem indireta de que os detratores só vêem o que querem ver. Assim, a versão da Suástica dita Nazista têm sentido inverso, horário (além claro das cores padrão etc) diferente da pichação. Para os leigos ou que não querem continuar mal informados: A suástica ou cruz suástica ou cruz gamada, é um símbolo místico encontrado em muitas culturas e religiões em tempos diferentes, dos índios Hopi aos Astecas, dos Celtas aos Budistas, dos Gregos aos Hindus, sendo encontrados registros de 5 mil anos atrás
2
0
Wellington  15.10.18 04h05
O curioso caso dos nazistas que não sabem desenhar a suástica e colocam o número do candidato deles pra difama-lo.
3
0
Fernando  11.10.18 14h08
Fernando, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
WAGNER MIRANDA DE CSATRO  11.10.18 13h20
Só acho que tinta vermelha e mau informação é coisa de quem vota 13. o desespero tomou conta!!!!!
82
18
João Gustavo  11.10.18 10h59
Só acho que essa não é uma suástica ligada ao nazismo. Essa voltada para a esquerda significa a felicidade, a boa sorte, a saudação ou a salvação; cruz gamada. Essa mesma cruz, com os braços voltados para o lado direito, foi adotada como emblema oficial do III Reich e do Partido Nacional-Socialista alemão, e se tornou símbolo do nazismo; Fica a dica!
90
23
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web