ENQUETES

Após a operação da PF, você vai parar de comer carne da Sadia, Perdigão, Friboi e Seara?

PUBLICIDADE

Cotidiano / NO FACEBOOK
11.01.2017 | 16h54
Tamanho do texto A- A+

Polícia indicia mulher que estava vendendo cachorro furtado

Animal da raça "poodle toy" foi levado de casa na última segunda-feira (09), em Várzea Grande

Montagem/MidiaNews

Clique para ampliar

A Polícia Civil recuperou Bob após a descoberta do anúncio no Facebook

DA REDAÇÃO

Um cachorro da raça "poodle toy" foi recuperado pela Polícia Civil em ação da equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG).

 

Uma mulher que estava comercializando o animal pela rede social Facebook responderá pelo crime de receptação.

 

O pet de nome “Bob” foi furtado na segunda-feira (09) de uma casa no Bairro Costa Verde, em Várzea Grande, e desde então toda família estava mobilizada para encontrar o animal.

 

A família percebeu o furto por volta das 19h, quando voltou da igreja e não foi recebida pelo animal de estimação, como de costume.

 

Segundo sua dona, Elmara Cristina Cantarini Pazeto, Bob estava com a família há oito meses e era muito dócil e brincalhão. A sua filha, de 7 anos, chegou a adoecer com a ausência.

 

“Assim que percebemos o furto, minha filha chorou muito. No dia seguinte, ela continuava a chorar e teve até febre por ele não estar em casa”, contou.

 

Com a ajuda de amigos e vizinhos, a família procurou pelo animal por todo bairro e região, porém não conseguiu encontrá-lo.

 

Durante uma pesquisa de anúncios de animais pelo Facebook, uma vizinha reconheceu Bob sendo oferecido por R$ 700.

 

Com a informação, a vítima entrou em contato com a Polícia Civil e marcou o encontro com os anunciantes, demonstrando interesse em comprar o pet.

 

Acompanhada por uma equipe de investigadores da unidade, a vítima foi até o local previamente acordado com os vendedores, onde foi constatado que o cão era realmente Bob.

 

A vendedora, identificada pelas iniciais L. S. A. C., de 20 anos, foi encaminhada à Derf e, em interrogatório, afirmou que comprou o cachorro de uma usuária de drogas pelo valor de R$ 150. Por isso, ela foi autuada por receptação.

 

A autora do furto foi identificada e responderá pelo crime em inquérito policial, uma vez que não havia mais situação de flagrante.

 

 




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados