Cuiabá, Quarta-Feira, 12 de Dezembro de 2018
SAÚDE
10.08.2018 | 16h32 Tamanho do texto A- A+

“Pega do bebê” é influenciada pelo emocional da mãe e anatomia da mama

A pega adequada não está unicamente associada à anatomia do mamilo

Divulgação

DA ASSESSORIA

Existem fatores que são de fundamental importância para a perfeita amamentação. A pega adequada, por exemplo, está muito associada à segurança da mãe, ao desejo de amamentar, ao posicionamento do bebê e à anatomia do mamilo. 

 

Com o objetivo de auxiliar as futuras mamães no aleitamento materno, o Hospital Infantil e Maternidade Femina recebeu uma palestra sobre “A Pega do Bebê” na amamentação. A atividade integrou o cronograma da campanha Agosto Dourado – que aconteceu entre os dias 1 a 7 deste mês – e foi apresentada pela fonoaudióloga Rosely de Lima.

 

O ideal, explica a especialista, é que seja feito um “sanduiche” com a mama, movimento que a torna mais achatada, facilitando a pega do bebê. Assim como essa, outras dicas podem ajudar na amamentação; logo, é imprescindível que a futura mamãe adquira os conhecimentos básicos sobre o aleitamento materno para que, assim, se sinta mais segura durante o pós-parto.

É preciso que a mãe seja pré-diagnosticada para que ela saiba qual o tipo de seio que tem – esse é um fator primordial para que a amamentação aconteça

 

“É preciso que a mãe seja pré-diagnosticada para que ela saiba qual o tipo de seio que tem – esse é um fator primordial para que a amamentação aconteça. De qualquer forma, pedimos para que as gestantes fiquem tranquilas durante a gravidez e estudem o assunto. Seja lá qual for o tipo do bico do peito, é possível que uma situação adversa seja revertida por bons profissionais”, explicou Rosely.

 

A Pega

 

A pega adequada não está unicamente associada à anatomia do mamilo, ela também se relaciona à segurança e ao emocional da mãe, ao posicionamento do bebê durante a mamada e à vontade de amamentar.

 

Dentre os formatos dos seios – assunto que foi amplamente abordado na palestra –, o mamilo invertido é aquele que mais preocupa as mamães e dificulta o processo de aleitamento materno. No entanto, segundo a fonoaudióloga, já existem recursos que podem auxiliar nestes casos.

 

“Existe uma bombinha que ajuda no processo de formação do bico. É uma ferramenta que vai trazer o bico para fora e, imediatamente, o bebê é colocado para mamar. Assim, o neném faz o papel de formar o bico e a ferramenta facilita nesse desenvolvimento”, reiterou a especialista.

 

Dilemas da amamentação, como a preferência do bebê por um lado do peito, também foram abordados durante o módulo. A fonoaudióloga ressaltou que a troca de posição do bebê durante as mamadas pode ser um aliado para uma amamentação mais generosa.

 

“Se ele prefere um lado do peito, o que acontece com bastante frequência, é aconselhada a mudança de posição para a amamentação cruzada. Desta forma, o bebê terá a sensação de que está mamando do lado preferido, mas em outro seio”, sugeriu.

 

Agosto Dourado

 

A campanha Agosto Dourado aconteceu durante a Semana Mundial de Aleitamento Materno, que acontece entre os dias 1 a 7 de agosto, e visa atrair atenção para o nobre ato de amamentar.

 

Na Femina, que além de maternidade é um ponto de coleta de leite materno, foram realizadas ações voltadas exclusivamente para a amamentação e recebimento de doação de leite.




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia