ENQUETES

Você já decidiu em quais candidatos irá votar nestas eleições?

PUBLICIDADE

Cotidiano / "MINHA RUA ASFALTADA"
12.07.2018 | 17h53
Tamanho do texto A- A+

Obras alcançam 180 km da malha viária cuiabana

O número engloba obras concluídas, em execução e também em processo de licitação

Gustavo Duarte/ Prefeitura de Cuiabá

Clique para ampliar

DA REDAÇÃO

Melhorar a qualidade de vida do cidadão e, ao mesmo tempo, facilitar o acesso entre diferentes comunidades, são as principais metas que vêm sendo cumpridas pelo programa “Minha Rua Asfaltada”. Completado pouco mais de um ano e três meses de implantação, a ação de infraestrutura se consolidou como uma das principais medidas da Prefeitura de Cuiabá ao democratizar o benefício da pavimentação, universalizando a prestação do serviço e levando-o para localidades mais afastadas da região central da Capital.

 

Até o momento são cerca de 30 bairros sendo atendidos pelo programa e um total de 180 quilômetros de malha viária atingida, entre obras concluídas, em execução e em processo de licitação. O número está dentro do planejado pelo Município, que pretende chegar até o ano de 2020 com, pelo menos, 600 quilômetros executados. Para isso, o Executivo não tem medido esforços, tanto para finalizar as obras já iniciadas quanto para agremiar mais recursos e ampliar a quantidade de comunidades contempladas. Além disso, os trabalhos caminham de forma célere, com várias equipes atuando em diferentes etapas.  

 

O andamento das atividades é acompanhado de perto pela Secretaria Municipal de Obras Públicas que, como parte das ferramentas de controle, elabora periodicamente um relatório de execução. O levantamento possibilita um mapeamento detalhado dos bairros em estágio mais adiantado, bem como daqueles que não apresentam os resultados esperados. Dessa forma, com embasamento técnico documentado, a Prefeitura de Cuiabá consegue reformular as metas e exigir das empresas a reorganização do plano de trabalho, de modo a cumprir com o prazo de entrega estabelecido em contrato.

 

A última sondagem feita pela Secretaria aponta que, gradativamente, as obras têm avançado de forma satisfatória em bairros das mais variadas regiões. De acordo com o relatório, o bairro Altos da Serra I, por exemplo, se encontra com 87% dos trabalhos executados; No vizinho Altos da Serra II, são 51%; no Novo Colorado, o serviço alcançou 78%; e no Jardim Imperial II os avanços chegam a 57%. O programa também já tem obras finalizadas nos bairros São Roque, Bela Vista, Jardim Umuarama, além de importantes vias das comunidades Bom Clima, Aricá/Manduri, Santa Marta, Jardim União/acesso ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

 

“Os números demonstram que estamos no caminho certo para a universalização da pavimentação em Cuiabá. Sabemos que o desafio é grande, pois a malha viária da cidade é longa e grande parte dela ainda é composta por ruas sem asfalto. No entanto, nossa meta também é ousada e vamos trabalhar com grande afinco para assegurar que ela seja cumprida. Asfalto é embelezamento das vias, valorização dos bairros, mas, acima de tudo, é mais qualidade de vida para o cidadão, que paga seus impostos e merece receber da Prefeitura aquilo que de melhor ela pode oferecer. Estamos apenas no começo dessa trajetória e vamos avançar cada vez mais nesse quesito”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

 

Outro ponto de importante destaque dentro do programa “Minha Rua Asfaltada” é a qualidade dos materiais utilizados nas intervenções. Na fase de drenagem, por exemplo, estão sendo colocadas manilhas de 60 cm, garantindo o escoamento eficiente de águas pluviais, além do reforço com bueiros duplos de tubulação de 1,5 m em ruas com passagem de córregos. Para a pavimentação, a Prefeitura tem optado por utilizar o revestimento do tipo Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). De acordo com o secretário municipal de Obras Públicas, Vanderlúcio Rodrigues, toda essa preocupação é necessária para garantir a longevidade na vida útil da malha viária construída.

 

“A determinação do prefeito Emanuel Pinheiro é que, dentro desse plano de humanização e construção de uma cidade melhor para a população, possamos levar uma infraestrutura de primeira linha às comunidades contempladas. Por isso, buscamos seguir os padrões recomendados pelas normas técnicas da área, proporcionando a durabilidade do asfalto. Esse cuidado é também uma maneira de demonstrar nosso zelo com os recursos públicos, evitando gastos desnecessários e situações em que, após poucos anos da entrega, o trabalho tenha que ser refeito”, pontua Vanderlúcio.




Clique aqui e faça seu comentário


1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Moacir  13.07.18 07h35
Moro a mais de 30 anos no bairro Parque Residencial coxipó é um bairro regularizado que não possui rede de esgoto e nem asfalto! Este bairro fica ao lado do Residencial coxipo. Pago meu IPTU em dia na esperança de que seja asfaltado. Fico indignado em ver áreas de invasões sendo asfaltadas,em quanto isso um bairro regularizado com mais de 30 anos é completamente esquecido pelo gestor!
0
0
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web