ENQUETES

Você vai assistir ao horário eleitoral gratuito na TV?

PUBLICIDADE

Cotidiano / NA MOINHO
10.08.2018 | 08h00
Tamanho do texto A- A+

Motociclista morre após ser atropelado por caminhão em Cuiabá

Acidente aconteceu nas primeiras horas desta sexta-feira (10), no fundo da UFMT

Divulgação

Clique para ampliar

Acidente aconteceu na rotatória que liga ao bairro Boa Esperança, em Cuiabá

JAD LARANJEIRA
DA REDAÇÃO

Um motociclista identificado como Jailson Miranda de Bulhões morreu no início da manhã desta sexta-feira (10), após se envolver em um grave acidente na Avenida Arquimedes Pereira Lima, a Estrada do Moinho, em Cuiabá.

 

Segundo os agente da Secretaria de Mobilidade Urbana da Capital (Semob),  a vítima foi derrubada por um um Voyage na rotatória próximo aos fundos da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) e, em seguida, atropelada por um caminhão que seguia logo atrás.

 

Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada e constatou a morte do motociclista.

 

O motorista do Voyage e do caminhão não tiveram ferimentos. Eles permaneceram no local para prestar esclarecimentos à Polícia.

 

O acidente aconteceu sentido bairro e, por conta disso, o trânsito está congestionado na região.

 

Segunda morte em três dias

 

Esta é a segunda morte envolvendo motociclistas em Cuiabá. Na última segunda-feira (6),Evando de Figueiredo Leite Pereira, de 23 anos, morreu após ser atropelado por um ônibus, que teria avançado o sinal vermelho na Avenida Fernando Correa da Costa.

 

De acordo com a Polícia Civil, quando o ônibus passava pela rotatória do entroncamento com a Avenida Beira Rio, bateu na traseira de um carro parado à sua frente e, em seguida, colidiu em duas motocicletas - uma CG Fan e uma Ténéré - que seguiam pela Avenida Beira Rio e aguardavam o sinal verde.

 

Devido ao forte impacto, ambos os motociclistas foram lançados contra a lateral esquerda de um caminhão.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Ônibus que atropelou e matou motociclista teria furado o sinal

 




Clique aqui e faça seu comentário


8 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Cuiabano   10.08.18 18h51
Senhores....É preocupante a mobilidade urbana na capital. ...obras inacabadas. ..rotatórias sem sinalização, onde é crucial. ... Esta rotatória do acidente é um crime de omissão das autoridades políticas :prefeito, secretário, vereadores. .. porque não tem semáforo? Cadê os tais amarelinhos? Virou normalidade trafegar com crianças em moto. ..Infelizmente na falta de cultura só se respera se houver punição: multa e perda da habilitação. .Esta é a realidade nua e crua!! Outro especto é o custo de internação por acidente de motoqueiro, motoristas de carros embriagados. ... motoristas de carro e motos analfabetos e inabilitados, que paga essa conta somos nós! Porque temos que suportar este ônus? Porque não se cobra quem deu causa? Sem falar do custo do INSS com auxílio até o sujeito voltar a trabalhar!!! Como esta não pode continuar. Como exemplo cito agora a rotatória da viola de cocho na Av das Torres um caos. ...acidentes todos os dias. ...porque não tem semáforo?
0
0
Walter  10.08.18 11h57
Deus conforte a família!
5
1
ANA  10.08.18 10h38
Lamento pelas famílias que perderam seus entes nesses acidentes! mas ta difícil o transito em Cuiabá muitos condutores impacientes e desrespeitam os outros,sempre com muita pressa. Os motociclista precisam se conscientiza, que por ele ser menor e frágil não ultrapassar em lugares proibidos porque se houver um acidente por mais que ele esteja certo muitas vezes a vida se vai e quem bater nele geralmente é indiciado como homicídio culposo sem intenção de matar então se cada um fizer sua parte pode reduzir o numero de mortes em que a maioria das vitimas é motociclista, muito triste pois são jovens que se vão muito cedo.
32
1
rafael  10.08.18 10h09
Verdade Joana D´arc, a começar pelo respeito aos pedestres, especialmente por parte dos motociclistas respeitado faixa de pedestre e não cortando caminho pelas calçadas
29
8
Cuiabana  10.08.18 09h36
Lamentavél. Hoje em dia nao existe mais Reciprocidade, nem os condutores de veiculos de passeio ou maiores respeita os motoqueiros e em muitos casos os motoqueiros tambem nao respeita, infelizmente. Enquanto nao houver conciencia de muitos motoristas em respeitar o seu proximo, isso vai acontecer frequentemente. Triste.
25
1
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web