ENQUETES

O que Cuiabá deveria ganhar de presente de aniversário?

PUBLICIDADE

Cotidiano / DESCUIDO FATAL
12.02.2018 | 18h30
Tamanho do texto A- A+

'Eu senti a morte', diz mulher que caiu em buraco de mais de 15 metros no Paraná

Vítima sofreu apenas ferimentos leves e recebeu alta médica algumas horas depois. Acidente aconteceu por volta das 22h de domingo (11).

(Foto: Evandro Oliveira/RPC)

Clique para ampliar

do G1

Eu senti a morte”, contou Roseli Cardoso Moura, de 51 anos, que caiu em um buraco de mais de 15 metros de profundidade que se abriu em frente à varanda da casa dela, na noite de domingo (11), em Paranavaí, no noroeste do Paraná.

Ela sofreu apenas ferimentos leves, foi encaminhada para a Santa Casa, mas recebeu alta por volta da 0h desta segunda-feira (12).

 

“A vida da gente é um sopro. Eu estava normal, organizando a minha casa e de repente eu... eu senti a morte. Eu vi o que é você estar bem e quase morrer soterrada, como foi o meu caso”, disse emocionada.

A vendedora explicou que estava indo recolher a roupa no varal quando ocorreu o acidente.

“Caí lá embaixo, em pé, sem dor e me escondi num buraco que estava ao lado também, que dá impressão que é um túnel que está formando ao lado”, relatou.

 

Roseli começou a gritar para o marido, Romero de Moura, que chamou o Corpo de Bombeiros.

“Eu só escutei o grito: Amor, pelo amor de Deus, vem me socorrer”, lembrou ele.

Moura disse que não sabia onde ela estava e quase caiu no buraco enquanto procurava pela esposa.

“A gente vê a dimensão do perigo, e a profundidade do buraco, foi Deus que segurou ela nas mãos”, declarou o marido.

 

Resgate

 

Os bombeiros contaram que o resgate durou aproximadamente uma hora e foi difícil porque, mesmo com a iluminação usada para ajudar na operação, não era possível ver a vítima.

 

Além disso, chovia na cidade e havia risco de mais terra desmoronar sobre ela.

No início do resgate, a água estava aproximadamente na canela da vítima e, ao fim dos trabalhos, a água já chegava na cintura de Roseli.

 

Interdição

A casa da família foi interditada. Segundo o sargento do Corpo de Bombeiros Hugo Matejec, a prefeitura também está fazendo uma avaliação para tentar identificar o motivo da erosão.

 

“Terá que ser demolida uma parte dela [da casa] para fazer a correção desse desbarrancamento que está acontecendo”, explicou.

A principal suspeita é de que existia um poço artesiano no local, que foi desmoronando aos poucos.

 

 

Fonte     https://g1.globo.com/pr/norte-noroeste/noticia/eu-senti-a-morte-diz-mulher-que-caiu-em-buraco-de-mais-de-15-metros-no-parana.ghtml




Clique aqui e faça seu comentário


1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Wellington Francisco   13.02.18 08h48
Wellington Francisco , seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados