ENQUETES

A que você atribui a renovação da Assembleia e da Câmara neste ano em MT?

PUBLICIDADE

Cotidiano / NA UFMT
14.06.2018 | 11h25
Tamanho do texto A- A+

Empresa fala em "sabotagem" após aluno passar mal

Universitário passou mal e precisou ser socorrido no Pronto Socorro

Reprodução

Clique para ampliar

Situação aconteceu no Restaurante Universitário da UFMT

JAD LARANJEIRA
DA REDAÇÃO

A empresa “Novo Sabor Refeições Coletivas” diz ter sido alvo de "sabotagem" no episódio do bebedouro contaminado no restaurante da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

 

O caso aconteceu na noite desta quarta-feira (13), quando um aluno passou mal após tomar a água do bebedouro e precisou ser encaminhado ao Pronto-Socorro da Capital.

 

Por meio de nota, a empresa disse que registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil após o caso e alegou ter sido alvo de um ataque "covarde".

 

“No dia 13 de junho de 2018, a empresa foi atacada por ato de sabotagem, consistente na colocação de líquido estranho no bebedouro de água do restaurante universitário da UFMT, o que por sorte foi imediatamente detectado por colaboradores da empresa, tendo sido tomadas todas as providências para evitar o consumo de água”, diz a nota, em um trecho.

 

“Reputamos tal ato como covarde e o condenamos veementemente, porquanto colocou em risco a saúde de pessoas que frequentam diariamente o restaurante universitário”, diz em outro.

 

Segundo o restaurante, peritos da Politec já realizaram exames no intuito de descobrir quem foram os responsáveis pelo suposto atentado.

 

Solvente

 

Apesar de não haver relatos de mais pessoas que se sentiram mal tomando a água, diversos vídeos foram filmados por alunos, mostrando copos descartáveis se dissolvendo ao coletar o líquido do recipiente.

 

O restaurante foi interditado pela empresa Novo Sabor até que seja esclarecido o que realmente aconteceu.

 

Por meio de nota, a UFMT relatou que está acompanhando o caso e que "todas as providências cabíveis já foram tomadas". Informou, ainda, que está à disposição da autoridades para prestar esclarecimentos a respeito do episódio.

 

Leia mais sobre o assunto:

 

Aluno é internado após tomar água de bebedouro na UFMT

 




Clique aqui e faça seu comentário


1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Ricardo  14.06.18 14h04
Envenenamento de água potável 10 a 15 anos de reclusão. Espero que a polícia prenda o bandido que fez isso, e ele pague pelo crime!
55
2
1999-2018 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados

Ver em: Celular - Web