ENQUETES

Como você vai gastar seu 13º salário?

PUBLICIDADE

Cotidiano / RUMO ÀS URNAS
12.10.2017 | 14h30
Tamanho do texto A- A+

Eleição em sindicato do setor agrícola tem disputa acirrada

Chapa de oposição tenta acabar com domínio de grupo que está há dez anos na direção do Sintap

Montagem/ MidiaNews

Clique para ampliar

Max Campos e Rosimeire Ritter (detalhe) disputam a presidência do Sintap

CÍNTIA BORGES
DA REDAÇÃO

Um dos sindicatos com maior representatividade no Estado está finalizando seu período de eleições em "clima quente".

 

O Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal (Sintap) conta com 927 sindicalizados que poderão votar nesta eleição.

 

No dia 27 deste mês, ocorrerá a votação em Cuiabá.

 

O pleito é disputado por duas chapas: A 1 (“Integração”) e a 2 (“Nossa União, Nossa Força”).

 

Oposição à atual gestão do Sintap, a chapa 1, que tem como candidato a presidente o servidor Max Campos, afirmou que seu projeto é "integrar a base do Sintap". 

 

“Já me considero um vencedor por conseguir congregar todas as categorias de servidores - do auxiliar ao fiscal, do técnico ao analista - da base sindical do Sintap de forma integrada”, disse.

 

Em contrapartida, a chapa “Nossa União, Nossa Força” representa a atual gestão do sindicato, com novos nomes.

 

Candidata à presidente, Rosimeire Ritter explicou que está havendo um enfrentamento natural de todo pleito e minimizou desgastes da gestão atual.

 

“Não houve rejeição ao nosso nome e o apoio tem sido fortalecido a cada dia com nossa campanha acirrada, mostrando todo o nosso trabalho já prestado e nossa capacidade de conquistar muito mais”, disse.

 

Desafetos

 

De acordo com Campos, a atual gestão, à frente do Sintap há quase 10 anos, fez com que algumas categorias que pertenciam ao Sintap se desmembrassem.

 

Um exemplo foi a criação do Sinfa (Sindicato dos Fiscais Estaduais de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado de Mato Grosso).

 

“Estamos reunidos novamente em busca do companheirismo, que havia sido deixado para trás, por conta da perpetuação do poder de alguns grupos”, afirmou o candidato.

 

Max diz que mais de 200 servidores se desfilaram do sindicato e estão em busca da regularização do Sinfa.

 

O candidato ainda disse que pesam outras acusações sobre a chapa. "Estão tentando atrelar a chapa 1 ao Governo. O sindicato não é politizado, porém a tática deles é essa”, observou.

 

A chapa 2 negou que tenha feito acusações a esse respeito. “Essa acusação não procede e é muito grave. Qual embasamento para nos acusar disso? Nós não sabemos de onde surgiu essa informação. Da nossa parte, não há tempo para construir ‘mentiras’”, disse Rosimeire. 

 

“Estamos empenhados unicamente em elevar a nossa categoria e não pretendemos criar rixas com servidores que compõe nossa base porque teremos grandes desafios pela frente e precisamos da participação de todos nessa luta”, completou.

 

O Sintap agrega servidores que “cuidam” de 53% do Produto Interno Bruto de Mato Grosso, já que atuam no campo.

  

Eleições

 

As eleições ocorrem desde a segunda-feira (9) para os servidores do interior. No processo, os votos serão realizados por meio de envelopes e foi antecipada a data oficial, devido à greve dos Correios.

 

No dia 27 de outubro, será realizada a votação na Capital, onde se concentra o maior número de servidores. A votação ocorre também por cédulas, e por ordem de chegada.

 

“As eleições para os sindicalizados de Cuiabá ocorrerão na sede do Sintap, no dia 27, das 8 às 17h. Lembramos que, por recomendação do presidente do Indea, Guilherme Nolasco, os sindicalizados de Cuiabá, servidores ativos lotados no Indea que cumprem horário de expediente vespertino, deverão votar no período da manhã, e aqueles que trabalham em regime de expediente integral terão duas horas de dispensa de ponto para exercer seu direito democrático”, esclareceu o presidente da Comissão Eleitoral, Artur Venturi.  




Clique aqui e faça seu comentário


1 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Técnico área meio   12.10.17 17h53
Técnico área meio , seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados