ENQUETES

Você acha que os políticos, conselheiros e empresários alvos da PF serão condenados?

PUBLICIDADE

Cotidiano / ÁREA INDÍGENA
12.09.2017 | 17h48
Tamanho do texto A- A+

Cinco são presos por extração de madeira em reserva

Os fiscais apreenderam armas de fogo e máquinas; grupo foi levado para a PF de Sinop

Divulgação

Clique para ampliar

Máquina apreendida durante operação na área indígena

DA REDAÇÃO

Cinco pessoas foram presas em uma operação de combate à exploração, ao transporte e à comercialização ilegal de madeira na Terra Indígena (TI) Apiaká-Kayabi, em Juara (695 km de Cuiabá).

 

Foram apreendidos os bens e equipamentos utilizados nas infrações ambientais.

 

Os agentes ambientais encontraram ainda 25 kg de carne de animais silvestres, três armas de fogo e munições de diversos calibres.

 

O resultado da operação foi anunciado nesta terça-feira (12) e os suspeitos foram encaminhados à Polícia Federal de Sinop.

 

Eles serão indiciados por porte ilegal de arma de fogo, caça e exploração ilegal de madeira, furto e associação criminosa.

 

Atualmente, técnicos do Ibama investigam os danos ambientais causados à TI Apiaká-Kayabi, já que foram encontrados indícios de corte recente em uma grande quantidade de madeira em tora.

 

A TI se expande por 109,2 mil hectares e é ocupada por aproximadamente 800 indígenas segundo o ultimo senso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados