Cuiabá, Sábado, 15 de Dezembro de 2018
TRÁFICO
25.03.2017 | 11h49 Tamanho do texto A- A+

Avião faz pouso forçado e é apreendido pela PM no interior

Aeronave saiu da Bolívia e aterrissou em Campos de Júlio; piloto se contradisse e foi preso

Divulgação/MT

Dentro da aeronave, PM encontrou lonas e dinheiro

THAIZA ASSUNÇÃO
DA REDAÇÃO

O piloto de avião bimotor foi preso após realizar um pouso forçado na pista de uma empresa no Setor Industrial do Município de Campos de Júlio (692 km de Cuiabá), na sexta-feira (24).

 

Segundo a Polícia Militar, ele estava com a documentação irregular e possuía um mandado de prisão em aberto por roubo.

 

A PM suspeita, ainda, que a aeronave estivesse sendo usado no tráfico de entorpecentes.

 

Conforme o boletim de ocorrência, a PM foi acionada por volta de 10h para verificar uma situação de pouso forçado na pista.

 

Quando os PMs chegaram ao local, o piloto alegou ter saído de Guarantã do Norte (721 km da Capital) para levar seu patrão e mais duas pessoas até uma fazenda, a 40 minutos de Campos de Júlio. E que, depois de deixá-los na área e decolar de volta, precisou fazer o pouso forçado, após uma pane.

 

Ele não soube informar, porém, o nome do suposto patrão ou revelar onde ficava a fazenda em que teria deixado os passageiros.

 

Ao perceberem que o piloto se contradizia, os policiais desconfiaram.

 

Durante a checagem na aeronave, os policiais descobriram que o suspeito não tinha licença para pilotar um bimotor e sim monomotor. Ele também possuía um mandado de prisão em aberto por um roubo a um vendedor de joias em Cuiabá.

 

No avião, os PMs também verificaram no GPS que a aeronave havia saído de uma pista de pouso de uma área rural na Bolívia, parando apenas na empresa onde foi abordada pela PM, após o pouso de emergência. A suspeita é que ele tenha lançado a droga em alguma área na zona rural.

 

De acordo com a Polícia Militar, o aparelho GPS apontou, ainda, várias coordenadas de vôo no país vizinho e na fronteira, inclusive na região do Irapuru, local de denúncias de constantes sobrevôos de aeronaves daquele porte, com lançamentos de entorpecentes, e de apreensões de droga.

 

Segundo a polícia, dentro da aeronave foram encontrados seis pedaços de lona preta que seriam característicos aos usados para embalar fardos de entorpecentes para lançamento. Ele também carregava R$ 4.732 em dinheiro.

 




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia