ENQUETES

Você acha que os políticos, conselheiros e empresários alvos da PF serão condenados?

PUBLICIDADE

Cotidiano / VÁRZEA GRANDE
19.05.2017 | 15h21
Tamanho do texto A- A+

Alunos participam de ‘Gincana Estudantil’ contra exploração sexual infantil

A ação também contou com apoio de órgãos municipais e de Segurança Pública (Polícia Militar, Exército Brasileiro, Guarda Municipal e Polícia Rodoviária Federal)

DA REDAÇÃO

Mobilizar, sensibilizar e chamar a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos das crianças e adolescentes livres da exploração sexual. Foi com essa proposta que os alunos da Escola Estadual “Dunga Rodrigues”, localizada no bairro Parque do Lago, realizaram nesta sexta-feira (19), uma Gincana Estudantil. O evento faz parte das ações alusivas ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescente – comemorado no dia 18 de maio.  

 

Equipes da secretaria de Assistência Social, parceira da ação, levou a escola programas do Governo Federal: Bolsa família, referenciamento, justiça comunitária e atendimentos psicológicos. A ação também contou com apoio de órgãos de Segurança Pública (Polícia Militar, Exército Brasileiro, Guarda Municipal e Polícia Rodoviária Federal), que também trabalham com ações de combate contra ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.  

 

O vice-prefeito José Hazama disse que o município vem trabalhado a questão da exploração infantil, com ações de fortalecimento dos vínculos familiares, e principalmente com políticas públicas no fortalecimento da rede socioassistencial. “Este é o princípio maior da nossa Constituição Federal, que é amparar nossas crianças e dar a elas o essencial para se tornarem cidadãos de bem, pessoas com moral e ética indispensáveis para a vida coletiva. Os Centros de Referências de Assistência Social do município desenvolvem as políticas públicas para este público", afirmou. 

 

A secretária adjunta de Assistência Social, Flávia Omar, lembrou que programas como o 'Juventude Ativa', realizado em vários bairros da cidade estão levando a esse segmento a oportunidade de participar de oficinas e cursos de artes, dança, esporte e cidadania. “Essa é uma das ações que a nossa secretaria vem desenvolvendo para contribuir com a aprendizagem dos jovens para um futuro mais promissor”.  

 

A administração municipal tem também investido no combate a exploração sexual infantil, num dos trabalhos que está sendo desenvolvido e com total sucesso é ‘Escola em Tempo Ampliado´ – ETA, para crianças e adolescentes, cujo objetivo é contribuir com a melhoria na qualidade da educação, aumentar o rendimento escolar e sobretudo, tirar as crianças e jovens das ruas e da ociosidade, mantendo-as no ambiente escolar.  

 

Durante toda a manhã os estudantes realizaram provas de resistência, corrida de saco, torta na cara, vôlei de arreia, música e futebol de quadra. O diretor da escola ‘Dunga Rodrigues’, Márcio José Pereira, disse que os estudantes passaram a semana inteira treinando para desenvolver as provas em curto espaço de tempo.

 

“A animação dos estudantes é visível e estamos bastante contentes com a contribuição de todos os órgãos e instituições que vieram dar a sua parcela de contribuição neste ato que tem como maior propósito chamar a atenção da população em geral quanto à problemática que envolve os nossos jovens, principalmente quando a questão se refere ao abuso sexual. É importante que a escola propicie aos alunos conhecimento e apoio, pois a vítima, quando é acolhida em um ambiente ético, expõe o problema e trata esses jovens dentro da Rede de Proteção. O nosso objetivo não é prestar atendimento às vítimas, mas sim conscientizar os alunos de que existe uma Rede de Atendimento que dará suporte e ajudará a discutir e resolver, caso haja o problema”, declarou.  

 

O comandante da Guarda Municipal, Evandro Homero Dias, disse que a Secretaria de Defesa Social tem contribuído para a Rede de Atenção contra a exploração sexual como também o consumo e comercialização de drogas, que contribui de forma considerável para atos de exploração em todos os sentidos. “Hoje estamos aqui com o programa 'Crack, é possível vencer'. O ônibus está à disposição da comunidade onde os guardas estão prestando orientações sobre os riscos que as drogas causam aos dependentes, bem como as suas famílias. Os nossos agentes estarão durante todo o dia fazendo o monitoramento do bairro e, ao mesmo tempo, coletando informações para o banco de dados. Além de promover a reabilitação e reintegração dos grupos de risco vulneráveis às drogas, a nossa ação prevê também estabelecer laços de confiabilidade com a comunidade, intermediando os problemas relacionados à violência”, pontuou o comandante.

 



Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados