Cuiabá, Domingo, 16 de Dezembro de 2018
SUSTENTABILIDADE
06.12.2018 | 09h51 Tamanho do texto A- A+

Aegea MT recebe o Certificado de Responsabilidade Social da AL

Criada pela Lei 7.687, esta é a 13º edição da concessão do selo criado pela Assembleia Legislativa

Assessoria

A avaliação é feita pela Comissão Mista de Responsabilidade Social de MT

DA ASSESSORIA

Reconhecida mais uma vez pelo comprometimento com o desenvolvimento sustentável e meio ambiente, interação com a comunidade e atividades voltadas à qualidade de vida dos seus colaboradores, a Aegea MT, em nome da Nascentes do Xingu, empresa que administra concessões de água e esgoto em 24 municípios do Estado, recebeu pelo quarto ano consecutivo a certificação de Responsabilidade Social conferida pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL/MT).

 

A homenagem foi entregue na segunda-feira (03), no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour.

Na cerimônia, representaram a Aegea MT, a gerente de comunicação e responsabilidade social, Ana Paula Ribeiro e o coordenador jurídico, Eduardo Barbosa Oliveira. A sessão solene foi presidida pelo deputado estadual Dilmar Dal Bosco (DEM), que destacou que é uma honra certificar empresas e entidades que não buscam somente o lucro.

 

"Para nós é motivo de orgulho homenagear empreendedores que acreditam no nosso estado, no bem-estar social e investem no ser humano. Este é um dia importante e espero que sirva de motivação e exemplo o trabalho que todos vocês desenvolvem", afirmou.

Em cada município onde atua, a Aegea MT leva mais saúde e qualidade de vida para a população, respeitando sempre o meio ambiente e a cultura local. No último ano, mais de 26 mil pessoas foram beneficiadas com os programas de responsabilidade socioambiental da holding.

 

As ações atenderam diretamente estudantes, professores, pesquisadores, agentes de saúde e endemias e lideranças comunitárias, promovendo a conscientização sobre a importância do tratamento da água, da coleta e tratamento do esgoto e a preservação dos recursos hídricos.

Receber o certificado é o reconhecimento pelo trabalho que realizamos junto à comunidade e nossos colaboradores


"Receber o certificado é o reconhecimento pelo trabalho que realizamos junto à comunidade e nossos colaboradores. Superamos diversos desafios e contamos com uma equipe cada vez mais alinhada com a meta de prestar um serviço eficiente em todas as regiões que atuamos, adotando uma postura de responsabilidade social pautada na relação ética e transparente e respeito ao meio ambiente, agregando conhecimento e valor sobre os benefícios do saneamento básico", ressalta o diretor-presidente da Aegea MT, Julio Moreira.

Para o coordenador da Comissão Mista de Responsabilidade Social de Mato Grosso, Sérgio Ricardo Inoui, é motivo de orgulho entender que o país passou por um período de muitas dificuldades e, apesar disso, as empresas não deixaram de investir no social.

 

"Ficamos satisfeitos ao perceber que a maioria das empresas neste período de crise reduziu os investimentos, mas não cessou os investimentos em responsabilidade social. Gostaria de parabenizar a todos os representantes das empresas e entidades que se propõem a realizar uma melhoria na vida das pessoas".

Criada pela Lei 7.687, esta é a 13º edição da concessão do selo criado pela Assembleia Legislativa. Neste ano, 55 empresas, fundações, associações e cooperativas foram aprovadas para receber o certificado devido ao trabalho social desenvolvido juntamente com colaboradores e sociedade.

 

A avaliação é feita pela Comissão Mista de Responsabilidade Social de Mato Grosso, que reúne representantes de diferentes entidades como OAB-MT, Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso, além da Assembleia Legislativa.




Clique aqui e faça seu comentário


COMENTÁRIOS
0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia