ENQUETES

Você aprova ou desaprova o início da gestão Emanuel Pinheiro?

PUBLICIDADE

Brasil / REFORMA DA PREVIDÊNCIA
08.01.2017 | 20h30
Tamanho do texto A- A+

No mundo todo, a idade subiu

Previdências tentam conciliar o envelhecimento da população com as finanças públicas

DE O TEMPO

Todo mundo tem dúvidas em relação à aposentadoria, agora que o país debate uma reforma do sistema previdenciário. Método de cálculo de benefício à parte, uma coisa é consenso: o ponto central do projeto do governo, que é o estabelecimento de uma idade mínima para se aposentar, já é fato consumado em todo o mundo.

 

O secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, já afirmou que “o normal é ter idade mínima”. Segundo ele, nas Américas, só o Brasil e o Equador adotam a aposentadoria por tempo de contribuição – sendo que, no vizinho sul-americano, o tempo mínimo de contribuição é de 40 anos para homens e para mulheres.

 

Pelas regras sugeridas pelo governo, o brasileiro poderá se aposentar a partir dos 65 anos, e tendo contribuído pelo menos 25. O governo defende que as mudanças são importantes para equilibrar as finanças da União. Segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em 2016, o déficit do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) chegará a R$ 149,2 bilhões (2,3% do PIB) e, para 2017, está estimado em R$ 181,2 bilhões.

 

 

Com o aumento da expectativa de vida e a diminuição da fecundidade (número de nascimentos), a população está envelhecendo. Na avaliação de Meirelles, esse novo perfil etário do brasileiro deve gerar uma situação insustentável para a Previdência. “No atual ritmo, em 2060, vamos ter apenas 131 milhões de brasileiros em idade ativa (hoje são 141 milhões). No mesmo período, os idosos crescerão 263%”.

 

 

 

 

 

Para fechar essa conta tão difícil, vários países, que já tinham idade mínima para o trabalhador se aposentar, aumentaram a faixa etária. De acordo com estudo de Rogério Nagamine Costanzi, especialista em políticas públicas e gestão governamental do governo federal, o aumento da idade para se requerer a aposentadoria foi uma das reformas mais comuns entre países da Europa e da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Na maior parte dessas nações, a idade mínima chegará a 67 anos até 2050. Confira no gráfico abaixo.

 

 



Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados