ENQUETES

Após a operação da PF, você vai parar de comer carne da Sadia, Perdigão, Friboi e Seara?

PUBLICIDADE

Agronegócios / AGROPRODUÇÃO
01.01.2017 | 07h30
Tamanho do texto A- A+

Cuiabá e municípios do agronegócio somam 54,6% do PIB de Mato Grosso

Dez municípios somam 54,6% do Produto Interno Bruto (PIB) de Mato Grosso de R$ 101,23 bilhões

DO PORTAL DO AGRONEGÓCIO

Juntos significam R$ 55,29 bilhões do montante constatado em 2014. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revelam que Cuiabá registrou um PIB de R$ 20,52 bilhões no ano em que o Brasil foi sede da Copa do Mundo de Futebol. Já os principais municípios do agronegócio mato-grossenses registraram R$ 21,21 bilhões.

Os montantes constam no Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios referentes a 2014.

Mais da metade do PIB de Mato Grosso, conforme o IBGE, está nas mãos de Cuiabá (R$ 20,52 bilhões), Rondonópolis (R$ 7,64 bilhões), Várzea Grande (R$ 5,90 bilhões), Sorriso (R$ 4,43 bilhões), Sinop (R$ 4,28 bilhões), Primavera do Leste (R$ 2,94 bilhões), Lucas do Rio Verde (R$ 2,75 bilhões), Nova Mutum (R$ 2,50 bilhões), Tangará da Serra (R$ 2,26 bilhões) e Campo Novo dos Parecis (R$ 2,02 bilhões).

Ao se comparar o PIB de Cuiabá com as demais capitais brasileiras, a capital de Mato Grosso figura no 16º lugar, ficando atrás de Vitória (ES) com R$ 23,37 bilhões e Campo Grande (MS) com R$ 23,90 bilhões. A liderança pertence à São Paulo (SP) com R$ 628,06 bilhões, seguido do Rio de Janeiro (RJ) com R$ 299,84 bilhões e Brasília (DF) com R$ 197,43 bilhões.

Já quanto ao PIB per capita Cuiabá registrou o valor de R$ 35.666,92, o que deixou a capital mato-grossense em 8º lugar. Brasília registrou o maior PIB per capita de R$ 69,216 milhões.

Menor PIB entre municípios do Centro-Oeste

O município de Araguainha, a 445 km de Cuiabá e com uma população de aproximadamente 953 habitantes, possui o menor PIB entre os municípios do Centro-Oeste registrando R$ 14,28 milhões. Anhanguera (GO) tem o segundo menor PIB de R$ 15,08 milhões, seguido de Serra Nova Dourada (MT) com R$ 19,66 milhões, Luciara (MT) com R$ 21,46 milhões e Ponte Branca (MT) com R$ 22,34 milhões.

Valor adicionado da agropecuária

Mato Grosso, de acordo com o IBGE, conta com 19 municípios entre os 100 com maior volume de valor adicionado (VA) bruto da agropecuária. O melhor resultado do Estado pertence à Sorriso com R$ 938,1 milhões no terceiro lugar do ranking.

O valor adicionado (VA) é a contribuição ao Produto Interno Bruto (PIB) pelas diversas atividades econômicas. O montante é obtido pela diferença entre o valor bruto da produção (VBP) e o consumo intermediário absorvido por essas atividades.

Sapezal é o 5º lugar com R$ 845,9 milhões, Campo Novo dos Parecis o 6º com R$ 811,3 milhões, Diamantino ficou em 7º com R$ 800,9 milhões. Já Campo Verde é o 11º com R$ 746,2 milhões, Nova Mutum em 18º com R$ 617,8 milhões, Primavera do Leste em 18º com R$ 565,6 milhões, Lucas do Rio Verde em 33º com R$ 484,2 milhões, Campos de Júlio em 40º com R$ 433,2 milhões.

O 44º lugar em 2014 era ocupado por Nova Ubiratã com R$ 404,7 milhões, Itiquira em 46º com R$ 387,2 milhões, Querência em 52º com R$ 365,5 milhões, Alto Taquari em 53º com R$ 364,6 milhões, Barra do Bugres em 56º com R$ 363,6 milhões.

Ainda segundo o IBGE, Tangará da Serra teve o 76º maior valor adicionado de R$ 318 milhões, Paranatinga o 80º com R$ 307,6 milhões, Tapurah em 85º com R$ 299,6 milhões, Santo Antônio do Leverger em 95º com R$ 285,9 milhões e Canarana em99º com R$ 276,7 milhões.

 

Fonte   http://www.portaldoagronegocio.com.br/noticia/cuiaba-e-municipios-do-agronegocio-somam-546-do-pib-de-mato-grosso-153650




Clique aqui e faça seu comentário


0 Comentário(s).

COMENTE
Nome:
E-Mail:
Dados opcionais:
Comentário:
Marque "Não sou um robô:"
ATENÇÃO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do MidiaNews. Comentários ofensivos, que violem a lei ou o direito de terceiros, serão vetados pelo moderador.

FECHAR

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

1999-2017 MidiaNews - Credibilidade em Tempo Real - Tel.: (65) 3027-5770 - Todos os direitos reservados