Mauro  11.02.18 14h29
Onde o estado esta quebrado. E lider em produçao agricola. O problema e que gastam demais!!!! Desde o incio o Sr. Governador so reclama e so pensa no passado. Taí um velho ditado quem vive no passado nao consegue viver o Futuro!
30
1
Pedro  11.02.18 14h16
O Estado esta em situacao critica, o que eu nao entendo e que Mato Grosso o governo nao arrecada nada nem tem dinheiro entao declare situacao de emergencia essa mesma historia todo mes.
21
0
Maria Rita  11.02.18 12h27
O POVO VAI ENTENDE QUE TAQUES ESTA FAZENDO O MELHOR, TOMANDO MEDIDAS AMARGAS, MAS QUE DARAO RESULTADO, MERECE SIM SER REELEITO
7
42
Marcia Gomes  11.02.18 12h21
cuidado para o sr nao sair dai desmoralizado... tem tudo para ser secretario da casa civil no governo Mauro Mendes, nao seria melhor pedir pra sair agora???
28
4
Reinaldo Vicente  11.02.18 12h19
Deixaram de lado as reformas fiscal e administrativa! Dobraram o valor da renúncia fiscal! O resultado não poderia ser outro! Superestimaram as receitas, agora tem um rombo de 3 bilhões sem financeiro! Como vão pagar isso? E esse governador ainda quer ser reeleito!
35
2
Ferreira  11.02.18 11h53
Vejo parasitas que mamavam feito abutres elefantes...na teta... Vamos para cima Dr. Galo. Bandido não se cria mais aqui!!!
8
22
Marcia Sa  11.02.18 11h43
Lucidez é tudo secretário, parabéns pela seriedade e espero que o Sr possa agir para melhorar as coisas
9
24
Clara  11.02.18 11h36
Pelo amor de Deus : PEÇAM PRA SAIR!!!!!
30
1
Cesinha   11.02.18 11h18
Excelentíssimo senhor Governador José Pedro Taques!!! É fácil resolver a crise - 1 melhorar os mecanismo de eficiência do gasto público - 2 combater a corrupção no governo - 3 taxar o agronegócio em simbólicos 1% - 4 incentivos fiscais apenas para quem gerar mais de 1000 empregos diretos - 5 - diminuir as alíquotas dos pequenos empreendedores que contratar acima de 20 empregados
27
1
Márcio  11.02.18 11h15
Engraçado o tanto que arrecadam de imposto inclusive do Detran são milhões e a mesma conversa de que o estado não tem dinheiro.... coitado de nois!!!!
32
1
Rodrigo  11.02.18 10h20
Como assim? Estado já quebrou! Tá devendo 3 bilhōes e nã paga nem saúde. Quer dizer que pode piorar?
23
0
Carlos Nunes  11.02.18 10h16
Ih! O negócio vai complicar brevemente, quando tiverem que dar o reajuste salarial dos servidores, aposentados, dos 3 Poderes. Cadê o dinheiro? Isso deve ocorrer lá pra maio. Se não conseguem cobrir a folha em dia, sem aumento, quanto mais com aumento. Esse Governo, desde 2015, não fez gradativamente as Reformas necessárias. Agora neste ano eleitoral fazê-las é contrariar todo mundo...ninguém quer cobrir rombo de Governo, ou quer? Bolso da turma tá vazio pra tampar rombo do Governo. Se taxar os Empresários, o Agronegócio, aumentam os preços dos produtos, pois vão transferir os aumentos pros preços. Quem pagará a conta no final? Nós, os eleitores...NA MARRA, sem choro nem vela. Vai sobrar pra nós.
19
2
Mariano  11.02.18 10h12
Contadores: esse ilustre não sabe o que são contas redutoras da receita. Desconhece os conceitos de receita liquida. Meu deus!
24
2
Andrea  11.02.18 10h10
Reativo, passivo, Cavaleiro do apocalipse e profeta do caos. Totalmente perdidos.
32
3
Neide  11.02.18 09h51
Deixe eu entender. Sao 70 milhoes mensais da divida do estado, certo? 70x12= 840 milhoes. Os caras estao dizendo 1bi e meio 1,5 bi?? Rspazzz aí tem hein!?
33
2
Marcos Alves  11.02.18 07h51
Sr. Secretário. Para o senhor, todos os devedores do estado são sonegadores e vai perseguí-los. O contribuinte não tem o direito de não ter dinheiro para pagar impostos. Mas, o estado tem o direito de não ter dinheiro para pagar seus compromissos com fornecedores? Desta forma, podemos chamá-lo de caloteiro?
49
2
Barreto  11.02.18 00h35
Conversa fiada !! Cadê A reforma administrativa? Taxa o agro ? Porque não resolvem a réu dia fiscal ? Só se já da mais u faz
37
1
Antonio   10.02.18 21h53
Só sabem reclamar. E o discurso é sempre o mesmo: não tem dinheiro. E essa administração ainda quer mais quatro anos ? Não seria a hora de passar para outros ? . Administração Taques vocês precisam entender de uma vez por todas que vocês não deram e não dão conta do recado. FORA.
44
1
Marcio de Natal  10.02.18 21h47
Se o Estado esta quebrado, porque ainda concede incentivos e tbm deveria taxar o agronegócios. Não vamos mexer aonde sai nosso rico dinheirinho da reeleição kkkkk
39
1
Thiago Rodrigo   10.02.18 21h18
Vamos olhar os terceirizados do estado, nas secretarias de saúde, segurança e etc... ridículo os valores de salarios desse pessoal que estão inflando a máquina ( SEM CONCURSO ), tem gente que ganha 5 mil reais e nem efetivado é, fazem maracutaia pra colocar chegados... e mais... de forma IRRESPONSÁVEL! De forma “emergencial”, tem gente querendo trabalhar por valor 1/3 disso...
37
1
Karlos  10.02.18 21h17
Deviam pedir pra sair bando de incompetentes.
35
2