Marcelo  20.04.17 15h53
Lamentável é a publicação de meias verdades! Nem o projeto, nem tampouco a vontade dos proprietários que lá estão (desde antes da criação do parque, diga-se de passagem) é a extinção do parque, e sim sua delimitação justa, observados os direitos daqueles que lá estão, que sequer foram devidamente indenizados na época de criação. É um caso que merece a atenção e estudo necessários para um deslinde justo à todos.
18
35